Sonhos

22/08/2009 às 7:57 | Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Sobre sonhos

O que são nossos sonhos?
Do que são feitos? que estranha matéria compõe os sonhos?
Porque quando alguém faz algo, diz-se que ele realizou seu sonho?
Aí está o segredo. ” realizou seu sonho”.
Para você realizar um sonho é preciso que se tenha um sonho.
Cada uma, sem exceção, de todas as modernidades existem porque alguém sonhou com elas antes delas se tornarem realidade.
É engraçado como algo não científico domine e determine o caminho da ciência e do desenvolvimento tecnológico, os sonhos.
Se os sonhos são tão importantes, porque não existe uma matéria na escola para que treinemos a sonhar ou sejamos ensinados a sonhar?
Talvez porque poucos entendem exatamente o que isto significa. O poder existente nos sonhos.
Você já imaginou, um presidente de uma nação, antes de se tornar presidente ele teve que sonhar em ser presidente, caso contrário ele não se tornaria presidente.
Você se lembra do Santos Dumont? Parece-me que ele respondia a pergunta se o homem voa, com a resposta: “voa”, até que um dia ele voou. Antes ele sonhou que  poderia voar, até que voou. Mas neste meio tempo foi preciso muito esforço, muita perseverança e muito erro e com certeza muitas críticas.
E aí temos algo sobre como atingir os nossos sonhos: esforço, perseverança e a certeza de que atingiremos o inatingível, o impossível.
Outro exemplo, Paulo Coelho, sim o escritor mais lido no mundo, quando lançou os dois primeiros livros praticamente não vendeu nada, mas não desistiu, procurou outra editora e aí está, um sucesso de venda no mundo todo.
Será que todos os grandes sonhos são precedidos de grandes derrotas?
Porque os sonhadores devem ser testados ao limite para se ter certeza do sonho que tem?

E se você não tiver sonhos?
Ah! então a vida te leva para lá e para cá. Não é você que define a vida, é a vida que define o que você vai viver e como viver. Aí vem a questão: nossa vida é pré determinada ou temos livre arbítrio?
Pois digo que temos ambos. Nós temos livre arbítrio para sonhar. Ao sonharmos estaremos definindo o caminho e rumo que nossa vida terá.
Mas se não sonharmos, nossa vida será pré determinada por acontecimentos que não temos controle sobre eles. A vida vai devagar te tirando tudo.
A vida não aceita que você não tenha sonhos. Porque sonhar é um presente que você recebeu ao nascer.
Talvez nós estejamos aqui vivendo esta vida para aprendermos a sonhar. Talvez esta seja a nossa grande lição a aprender: Sonhar.
Talvez o que os Deuses saibam fazer que nós não saibamos, seja SONHAR.
Sonhando talvez eles tenham criados mundos e universos e seres, como nós. E talvez, agora, o que eles querem de nós seja que nós aprendamos a sonhar, para podermos ser criadores como eles são.
A ciência já mostrou que nós somos um grande vazio, mesmo assim somos reais, parece uma incongruência,  mas é verdade. E o que, então, nos faz parecer ser de carne e osso? Talvez haja uma matéria, que é a matéria dos sonhos que faça com que pareça tudo como sendo um contínuo e não um grande vazio.

Se os sonhos são tão importantes, tão poderosos, então eles podem transformar tudo, toda esta realidade, toda a nossa realidade. Podemos transformar a nossa realidade. E podemos dar uma pequena contribuição para a transformação de realidades onde um grande número de pessoas participam, porque nestes casos a realidade depende dos sonhos de  muitos.

Mas se conseguirmos transformar a nossa realidade para melhor já estaremos dando uma grande contribuição para melhorar o todo.

Mas será que existem condições para sonhar?
Existe certo e errado nos sonhos? Existe maneira correta de sonhar?
Sim existem coisas que funcionam e coisas que não funcionam.
Por exemplo: se você sonhar com algo que não quer, provavelmetne você vai conseguir exatamente o que não quer, porque o nosso eu básico não entende o “não”, então ele vai fazer de tudo para realiar aquilo que você pediu, sem a palavra não. Por exemplo: você não quer mais gastar no cartão de crédito, então como o eu básico não entende o “não”, você acabará em alguma situação onde será inevitável gastar no cartão de crédito.
Outra coisa: o eu básico entende mais imagens do que frases. Então se deseja um novo carro, é melhor visualizar o você dirigindo este novo carro do que falar mentalmente que deseja um novo carro.
Mais uma dica: imagine-se com a coisa sonhada e já realizada, nunca realizando, porque o que está se realizando ainda não se realizou e pode não se realizar. Agora se você sonhar com alguma coisa já realizada e feliz com aquela situação, então está perfeito.

Agora, será que o seu eu básico concorda com o que você está querendo ou você tem alguma limitação interna para a conquista do seu sonho?
Imagine que o Santos Dumont tivesse medo de altura, você acredita que ele teria voado?
Imagine que o Paulo Coelho tivesse vergonha de aparecer em público e nunca quisesse aparecer em um lançamento de livro. Você acha que ele teria chegado onde chegou?
Imagine que o Tomas Edison (inventor da lâmpada) gostasse do escuro. Você acha que ele teria inventado a lâmpada?
Então temos algo internamente que pode atrapalhar e muito, até mesmo, impedir que você alcance seu sonho.
É preciso se conhecer. Conhece-te a ti mesmo e serás um sonhador e criador de mundos.
Lembra da frase: ” Sereis capazes de milagres muito maiores do que os meus”.
Pois é. Você pode, eu posso, todos podemos. A questão é aprendermos.

Existe o criador e a criatura. Pois bem, antes do criador criar a criatura, ele teve que sonhar com a criatura e somente depois de sonhar, ele criou a criatura.

Anúncios

Benção irlandesa

30/05/2009 às 9:53 | Publicado em Sem categoria | 1 Comentário
“Que o caminho seja brando a teus pés, o vento sopre leve em teus ombros. que o sol brilhe cálido sobre a tua face, as chuvas caiam serenas em teus campos. E até que eu de novo te veja, que os Deuses te guardem nas palmas de Suas mãos”

Aloha

30/05/2009 às 9:51 | Publicado em Sem categoria | 1 Comentário

Na língua havaiana Aloha significa muito mais do que “alô” e “adeus” ou”amor”.

Seu significado maior é: compartilhar (alo) com alegria (oha) da energia da vida (ha) no presente (alo).

Músicas, sonhos e criatividade

29/05/2009 às 0:22 | Publicado em Sem categoria | 1 Comentário

A música é algo fabuloso de mágico, é como um caminho para sonhos porque a mente pode voar com elas, pode-se soltar a imaginação e a criação pode aparecer sob a ação das músicas.

San e Zé

29/05/2009 às 0:16 | Publicado em San e Zé | Deixe um comentário
Tags:

San –  e aí Zé, andou matutando a respeito dos teus três eus?

Zé – eu não entendi uma coisa, o que você chamou de criança interior? eu sou adulto como eu posso ter uma criança interior? o que é isto?

San – veja bem, cada um de nós possui uma parte que gosta de se divirtir, gosta de doces, gosta de fazer esportes, certo? pois bem esta parte nossa, faz parte da nossa criança interior.

Zé – ah! é isto, então cada vez que a gente vai soltar balão, pular fogueira, vai à praia, brinca com as ondas, dança, é a nossa criança interior que está se divertindo?

San – é isto, fácil de entender, correto? e quando esta criança começa a brincar você ganha uma energia danada de grande para fazer um monte de coisas, certo?

Zé – é mesmo, parece que a gente sai renovado, parece que toda a nossa energia de quando nós éramos jovens volta e tudo se renova.

San – pois é Zé, é que a nossa criança interior é quem nos dá a energia de vida, é ela que nos alimenta desta energia que é responsável por tudo que existe.

Zé – ah! é!   

San – bom daí você pode concluir que você tem que se entender bem com a tua criança interior, pois é  ela que te dá a energia de vida. Zé por hoje é só, agora vá se divertir e trate bem e leve a tua criançapara se divertir.

San e Zé

27/05/2009 às 23:51 | Publicado em San e Zé | Deixe um comentário
Tags:

San – Zé, sabe que eu andei aprendendo umas coisas novas…

Zé – então conta, quem sabe serve pra mim também.

San – pois é, vocâ já ouviu falar algo sobre a Huna?

Zé – eu? nunca, quem é ela?

San – não é ela, Huna é um conhecimento, sabedoria dos antigos, lá das Polinésias, do Hawaii, é um conhecimento ou sabedoria muito antiga, talvez seja de mais de cinco mil anos atrás.

Zé – muito antiga, mas se é tão antiga para que serve nos dias de hoje, tudo mudou tanto e nós evoluímos tanto, que eu acho que só serve para curiosidade, não é mesmo.

Zé – o que um conhecimento antigo pode nos ajudar hoje. acho que você deve estar perdendo o teu tempo.

San – não Zé, eles a mais de cinco mil anos atrás, sabiam muito mais sobre o subconsciente e sobre o superconsciente do que a psicologia sabe hoje.

San – só que, eles davam outros nomes, claro. Eles chamavam de eu básico ou criança interior, eu médio e eu superior.

Zé – não entendi eu sou só um eu e não três eus. Que negócio é este de três eus.

San – pois é três eus. Mas veja bem se hoje você aceita que existe o consciente, o subconsciente e o superconsciente, e você nunca os viu, porque não aceitar que existem três eus? Qual é a dificuldade?

 Zé – é pensando bem é só uma questão de nomes. Mas para que servem, os três eus?

San – continuaremos depois por hora apenas pense e vá dormir com esta idéia de que você tem três eus interagindo ai dentro.

Aprendizado

26/05/2009 às 2:15 | Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário
Bom, cá estou tentando aprender as várias possibilidades de montar um blog. Então estamos chegando a conclusão de que tem opções demais. 
Mas isto é a tecnologia moderna, opções em profusão que permitem que nós nos percamos no meio do caminho e percamos de vista o principal.
Você de repente se vê diante de tantas possibilidade, tantos detalhes, tanta mameira diferente de se comunicar, que talvez esta tamanha diversidade de possibilidades de comunicação atrapalhe a verdadeira comunicação, aquela que vem de dentro, que vem do coração, pura e simples, que não requer tecnologia, que não precisa de aparelhos e nem botões.
É simples, bem simples, experimente.

Ike san

26/05/2009 às 2:12 | Publicado em HUNA | Deixe um comentário
Tags:

Ike – este nome vem da Huna. É o primeiro princípio desta sabedoria dos Kahunas.
Significa: ” O mundo é como você pensa que ele é ”
San é parte do meu nome.
Ike-san talvez seja o mundo como Ricardo San o veja e pensa que ele é.
Agora, se o mundo é como você pensa que ele é, então tudo é sonho e as possibilidades são infinitas dependendo da tua capacidade de sonhar.
Então sempre sonhe em ser um vencedor, jamais um perdedor, porque o que você sonha acontecerá.
Por isso, Jesus disse que um dia fareis maravilhas como eu, talvez seja mais ou menos isso, acho.

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.